Marte é um show!!!

    O planeta Marte atingiu, em 27 de Agosto deste ano de 2003, a sua posição mais próxima da Terra dos últimos 60.000 anos. Foi uma oportunidade única para poder observar o planeta em maior detalhe.
    Marte esteve em oposição ao Sol no dia 28 de agosto às 15:00h (hora oficial brasileira).
    A menor distância Terra - Marte (55.760.000 Km) ocorreu 32 horas antes, ou seja, às 06:51h do dia 27.
    A última vez que estivemos tão próximos de Marte foi em 12 de setembro de 57.617 AC.
    A próxima vez que essa distância voltará a acontecer será em 28 de agosto de 2.287.
                    Em 1988, na oposição perihélica marciana anterior à atual, a distância Terra - Marte chegou a 58.810.000 Km (mais de 3 milhões de Km maior que a de 2003). Na oposição de 1924 a distância Terra - Marte (a menor do século passado) chegou a 55.780.000 Km (20 mil Km maior que a de 2003).
    O "planeta vermelho" no início de agosto pode ser visto de forma destacada já no início da noite acima do horizonte leste. Esteve com brilho intenso ( mag.- 2,8) e apresentando um diâmetro aparente de 24,9" de arco e a uma distância da Terra  igual a 0,376 UA (unidades astronômicas). Em sua maior aproximação, no dia 27 próximo, sua magnitude visual foi ainda um pouco maior (- 2,9) e também seu diâmetro aparente passou para 25,1" com sua aproximação máxima equivalente a 0,373 UA.


Visão de Marte a "vista desarmada" desde o terraço do prédio 8 da PUCRS
dia 19 de agosto de 2003 às 20h 20min

Na imagem vista ao telescópio (refletor de 150mm) e fotografada com câmera digital Canon A70
é possível observar o gêlo da calota polar marciana.

Reduzindo a abertura da câmera e portanto a entrada de luz, apareceram algumas manchas da superfície marciana.

    * Texto e fotos de Plínio Fasolo (Professor de Astronomia da Faculdade de Física da PUCRS e secretário da ABCMC)